Sabia que a Desinfestação Anaeróbia do Solo consiste numa desinfestação biológica para solos de plantação?

A desinfestação anaeróbia do solo também conhecida como ‘desinfestação biológica do solo’ ou ‘desinfestação redutora do solo’ é uma técnica de desinfestação do solo, no qual se tencionam cultivar plantas posteriormente, não química, proposta como alternativa à fumigação química do solo para o controlo de vários solos doenças, nemátodos, parasitas de plantas e ervas daninhas em culturas hortícolas e frutícolas. Este tipo de desinfestação foi desenvolvida de forma independente no Japão, tanto para culturas de campo aberto como protegidas. A técnica ganhou interesse nos EUA, na China e em outros países. O princípio da técnica é criar um ambiente de solo temporariamente anaeróbio para estimular o crescimento de microrganismos anaeróbios facultativos e obrigatórios. Em condições anaeróbias, estes organismos decompõem a fonte disponível de carbono, que produz ácidos orgânicos, aldeídos, álcoois, amónia, íões metálicos e compostos orgânicos voláteis que são supressivos ou tóxicos para várias pragas e doenças transmitidas pelo solo.

Este tipo de tratamento biológico do sol envolve três etapas:

1 – Emendar o solo com fontes de carbono e matéria orgânica prontamente decomponível para iniciar o rápido crescimento e a respiração dos micróbios do solo, antes de formar os canteiros elevados.

2 – Cobrir o canteiro com uma cobertura de polietileno que evita que o oxigénio escape da superfície do solo (mantendo o ambiente anaeróbio, assim que é estabelecido).

3 – Irrigar o solo para saturar o espaço dos poros e reduzir ainda mais a presença de oxigênio, criando o ambiente anaeróbio desejado no solo.
Segundo um estudo realizado pelo Serviço de Pesquisa Agrícola do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA-ARS), em colaboração com investigadores da Universidade da Califórnia e da Universidade da Flórida, criaram o processo que atualmente está em estudo. Este método biológico provou ser eficaz contra várias doenças de plantas fúngicas e bacterianas transmitidas pelo solo, nematóides parasitas de plantas e ervas daninhas, numa ampla gama de culturas e ambientes. No entanto, o mecanismo de controlo não é totalmente compreendido. Investigadores de todo o mundo trabalham atualmente para explicar as mudanças que ocorrem no solo durante o tratamento como essas mudanças afetam as pragas e ervas daninhas alvo. 

Caso tenha interesse em saber mais acerca deste método relativamente à forma como o pode aplicar ao seu contexto, sugerimos que questione a sua florista de forma a que entenda como poderá aplicar o método no solo pretendido para o crescimento de plantas, por exemplo! A Desinfestação Anaeróbia do Solo é uma prática cada vez mais comum, pelo que a informação existente sobre esta técnica cresce de dia para dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *