Sabia que a Desinfestação Anaeróbia do Solo consiste numa desinfestação biológica para solos de plantação?

A desinfestação anaeróbia do solo também conhecida como ‘desinfestação biológica do solo’ ou ‘desinfestação redutora do solo’ é uma técnica de desinfestação do solo, no qual se tencionam cultivar plantas posteriormente, não química, proposta como alternativa à fumigação química do solo para o controlo de vários solos doenças, nemátodos, parasitas de plantas e ervas daninhas em culturas hortícolas e frutícolas. Este tipo de desinfestação foi desenvolvida de forma independente no Japão, tanto para culturas de campo aberto como protegidas. A técnica ganhou interesse nos EUA, na China e em outros países. O princípio da técnica é criar um ambiente de solo temporariamente anaeróbio para estimular o crescimento de microrganismos anaeróbios facultativos e obrigatórios. Em condições anaeróbias, estes organismos decompõem a fonte disponível de carbono, que produz ácidos orgânicos, aldeídos, álcoois, amónia, íões metálicos e compostos orgânicos voláteis que são supressivos ou tóxicos para várias pragas e doenças transmitidas pelo solo.

Este tipo de tratamento biológico do sol envolve três etapas:

1 – Emendar o solo com fontes de carbono e matéria orgânica prontamente decomponível para iniciar o rápido crescimento e a respiração dos micróbios do solo, antes de formar os canteiros elevados.

2 – Cobrir o canteiro com uma cobertura de polietileno que evita que o oxigénio escape da superfície do solo (mantendo o ambiente anaeróbio, assim que é estabelecido).

3 – Irrigar o solo para saturar o espaço dos poros e reduzir ainda mais a presença de oxigênio, criando o ambiente anaeróbio desejado no solo.
Segundo um estudo realizado pelo Serviço de Pesquisa Agrícola do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA-ARS), em colaboração com investigadores da Universidade da Califórnia e da Universidade da Flórida, criaram o processo que atualmente está em estudo. Este método biológico provou ser eficaz contra várias doenças de plantas fúngicas e bacterianas transmitidas pelo solo, nematóides parasitas de plantas e ervas daninhas, numa ampla gama de culturas e ambientes. No entanto, o mecanismo de controlo não é totalmente compreendido. Investigadores de todo o mundo trabalham atualmente para explicar as mudanças que ocorrem no solo durante o tratamento como essas mudanças afetam as pragas e ervas daninhas alvo. 

Caso tenha interesse em saber mais acerca deste método relativamente à forma como o pode aplicar ao seu contexto, sugerimos que questione a sua florista de forma a que entenda como poderá aplicar o método no solo pretendido para o crescimento de plantas, por exemplo! A Desinfestação Anaeróbia do Solo é uma prática cada vez mais comum, pelo que a informação existente sobre esta técnica cresce de dia para dia.

Como proteger a sua horta das pragas?

Praga é o nome dado a organismos que causam vários tipos de danos. As pragas são muito comuns sobretudo em flores, (para saber mais quais são as flores propícias consulte o site: florista.pt) hortas, jardins e campos.

Para proteger a sua horta destes organismos é necessário ter em conta alguns cuidados.

Deixo aqui algumas dicas para se prevenir, ou caso o mal já esteja instalado saiba como acabar com eles:

  • Faça uma manutenção recorrente, assim estar sempre atento caso veja alguma coisa anormal e consegue evitar uma mal maior;
  • Tenha atenção ao solo, um solo mal tratado é propicio é que as pragas se instalem com maior rapidez. É fundamental que regue, adube de forma a que a terra se mantenha sempre fértil;
  • Regue sempre no horário da manhã, desta forma o solo irá ter muito mais tempo para absorver toda a água;
  • É importante que tenha diversidade de flores ou alimentos plantados, desta forma evita-se que as pragas se propaguem;
  • Não mate animais como abelhas, minhocas ou joaninhas, elas trazem muitos benefícios;
  • Elimine ervas daninhas sempre que der conta que estão aparecer, elas são o primeiro passo para começar a existir pragas;
  • Utilize pesticidas naturais, como por exemplo, manjericão, alecrim, alho e cebola;

Dica: Caso tenho um espaço na sua horta, plante repelentes naturais, como citronela, hortelã e crisântemo, afastam as pragas da plantação.
Caso estas dicas não sejam suficiente é necessário contratar uma empresa especialista. Espero que tenha conseguido ajudar.

Maria Inês

Plantas como repelentes naturais contra insetos

Quando chega a primavera e o verão, os insetos são as pragas mais comuns nos jardins e dentro das nossas casas, tornando-se um verdadeiro pesadelo. Neste artigo iremos revelar as plantas que servem de repelentes naturais contra insetos.

Este efeito ocorre graças aos óleos essenciais que estas plantas aromáticas possuem, que são extremamente desagradáveis aos insetos e agradáveis ao olfato humano. Destas plantas poderá optar por flores ou ervas, para que possa organizar o jardim e a decoração em casa de forma que mais gosta.

Confira a lista de plantas que elaboramos:

Manjericão

O manjericão é muito útil para repelir moscas e mosquitos e poderá ser colocado em vasos junto de portas e janelas para impedir e entrada destes insetos. Ainda, como uma mais valia poderá usar o manjericão nas suas refeições diárias.

Lavanda

A lavanda tem um odor naturalmente agradável, e as suas flores têm uma cor muito bonita, que ficará perfeita em qualquer jardim. Para além disso repele moscas, traças, pulgas e mosquitos.

Mal-me-quer

Ou bem-me-que, como preferir chamar! Esta flor com certeza, passou pelas suas mãos. Tem o poder de repelir mosquitos e até animais maiores como coelhos.  São, certamente, flores a incluir caso tenha uma horta.

Hortelã

A hortelã afasta mosquitos e convém ser plantada em vasos, pois espalha-se de uma forma muito invasiva e poderá contaminar todo o jardim. As suas folhas poderão ser utilizadas em culinária, tornando esta planta ótima para quem vive num apartamento.

Alecrim

O alecrim tem um aroma intenso e agradável, mas desprezado pelos mosquitos, moscas, pulgas e outros insetos. Na primavera poderá desfrutar das suas lindas flores azuis. E tal como a hortelã poderá ser plantado em vasos.

Todas estas plantas ajudarão a diminuir os insetos em casa ou no seu jardim de forma muito mais sustentável que os repelentes químicos. Se procura flores ideias para plantar no seu jardim ou ter em casa contacte um especialista em flores e conheça as principais características das suas plantas favoritas.

PRAGAS MAIS COMUNS NA PRIMAVERA

A Primavera está a aproximar-se, por isso começa a ser uma boa altura para direcionarmos a nossa atenção para as pragas que chegam nesta estação do ano. A maioria das pragas tais como formigas, térmitas, pulgas, mosquitos e baratas voltam à vida quando se começa a registar subidas de temperatura. Contudo a presença dessas pragas pode trazer graves problemas para a nossa casa e para a nossa família.

Para podermos resolver os problemas relacionados com pragas é importante estarmos dispostos a fazer perguntas. Aprender sobre as pragas e as opções disponíveis para controlar pragas específicas é o primeiro passo. Vamos então conhecer as pragas mais comuns que surgem na Primavera:

MOSQUITOS

A Primavera traz o tempo mais quente e alguma chuva. Estes dois fatores contribuem para um maior nível de humidade que é adorado por vários insetos, nomeadamente pelos mosquitos. Estes insetos acabam por entrar nas nossas casas e podem ser perigosos já que algumas vezes carregam consigo vírus e bactérias que acabam por causar irritações e inflamações cutâneas.

FORMIGAS

Quando as temperaturas começam a aquecer, as formigas podem sair e procurar novos locais. Podem ser vistas dentro e fora das nossas casas e têm a particularidade de fazer colónias. As colónias das formigas são grandes e não vão diminuir a menos que se faça algum tratamento para acabar com esta praga. Dica: as formigas alimentam-se de praticamente tudo que comemos, por isso é importante certificarmo-nos de que mantemos tudo sem restos de comida (principalmente na Primavera).

MOSCAS

Parece que a qualquer momento uma porta se abre e estes insetos irritantes encontram uma maneira de entrar (e se é incómodo ter esta praga por perto). E na Primavera esta praga é ainda mais comum. é importante ter em atenção que se as moscas estiverem a largar larvas, a sua casa pode tornar-se um autêntico local de reprodução. Na realidade, uma infestação de moscas é um risco real para a nossa saúde já que estes animais podem carregar várias doenças. Dica: aplique as redes mosquiteiras nas janelas, vai ajudar a diminuir o número de moscas dentro de casa. Se não conseguir controlar o problema sozinho, há várias empresas de desinfestação que ajudam!

PULGAS

As pulgas são insetos parasitas comuns na primavera e que se alimentam do sangue de mamíferos, como os seus animais de estimação. Estes insetos, para além de provocarem grande incómodo através das picadas, são ainda transmissores de vermes e parasitas. Para controlar uma potencial infestação de pulgas nesta primavera, é importante cuidarmos dos animais de estimação da família. É por isso indispensável que lhes dê banho regular e tratamentos adequados. Também é possível que as próprias casas dos seus animais de estimação tenham pulgas, aproveite um dia de sol e aproveite para as limpar.

BARATAS

Na realidade, a maioria das pragas urbanas tendem a aumentar nas épocas mais quentes e chuvosas e as baratas não fogem a esta tendência. As baratas não são insetos particularmente limpos, já que podem transportar bactérias que contaminam tudo por onde passam. A verdade é que a própria anatomia das baratas facilita a sua entrada em todas as pequenas fendas existentes, o que torna a nossa tarefa (de as matar) particularmente difícil. Dica: cuidado ao matar baratas, os próprios restos mortais do inseto podem causar reações alérgicas a pessoas mais sensíveis. Em casos mais graves, o melhor será chamar uma equipa especializada em desinfestações de baratas para tratar esta praga o mais depressa possível.

É importante estar atento para prevenir pragas e tratar infestações numa fase inicial. Não espere que surjam infestações graves para tratar este problema, só lhe vai custar mais tempo e mais dinheiro.